empresa

Uma família com muitos membros, de descendência italiana, presenciando a necessidade de deixar suas terras para trabalhar nas cidades que começavam a se desenvolver. Começa assim uma inquietação no ceio das famílias Margon e Pedroni que, no ano de 1977 formam uma sociedade e dela nasce a Cerâmica Imperial, assim, tanto os membros das duas famílias como também pessoas da comunidade ganham a oportunidade de emprego e a preocupação da busca de condições melhores de salários nos centros urbanos afasta-se.

No início a estrutura física da empresa era rudimentar e, o trabalho de seus colaboradores era praticamente todo manual. Passando-se os anos a empresa começou a se expandir, maquinas foram adquiridas, novas contratações, expansão no mercado. Todos estes fatores foram decisivos para o crescimento da empresa.

Nos anos de 1980 a sociedade passa por uma cisão e a família Margon passa ser a única proprietária da Cerâmica Imperial.

Na década de 1990 a Cerâmica Imperial passa por mais uma transformação. Seu parque industrial foi ampliado e também a oferta de produtos fabricados, passando a produzir também telhas e lajotas para laje. Com a expansão do parque industrial e novos produtos o mercado se expandiu, e além de atendermos o mercado capixaba, passamos a atender clientes também nos estados da Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Temos como princípio o uso sustentável de recursos, por isso, procuramos amenizar ao máximo os impactos causados em nosso processo fabril. Além desta iniciativa, também apoiamos instituições que recuperam áreas degradadas, como por exemplo, o Projeto Ecco.